Tag Archives: Sexo

Amor, sexo ou transa?

1 maio

Inspirada em uma propaganda (logo abaixo) e nos últimos acontecimentos entre mim e O mentiroso, resolvi escrever um post sobre amor e sexo.

Quando você gosta de alguém, qualquer coisa com aquela pessoa pode se tornar mágico e maravilhoso. Você fica feliz, satisfeita, alegre, animada, realizada… E por que isso? Porque você confia. Porque você gosta. Quando você faz alguma coisa com segurança e feliz ela sai maravilhosa. Tenta fazer um bolo quando você está chateada, de TPM, e não para de chorar, vai prestar? Não vai, não adianta. Agora faça um bolo num belo dia, feliz, cantarolando, vai ficar bom? Ai depende, ele pode sair queimado. Mas isso não vai te chatear.

Quando vemos um filme abraçadinho com alguém que é especial para nós em um sofá em um dia de frio, tomando um maravilhoso chocolate quente, é maravilhoso.

Não basta a pessoa ser especial para ti, você tem que ser especial para ela.

Por isso, fazer amor com quem amamos, e com quem nos ama é bem mais gostoso.

Fazer sexo com quem temos certa afinidade, um “ficante”, por exemplo, que não tem o mesmo carinho que um amor talvez, mas te trata bem, e você se sente bem quando está com ele, não deixa o sexo maravilhoso, mas pode torná-lo satisfatório, prazeroso, e você pode ficar (provavelmente ficará) com vontade de ter este momento novamente, ou não. Mas você se sente bem: antes, durante e depois.

Agora transar com alguém, por transar, pode te ferir e muito. Fazer algo sem pensar e no impulso pode resultar em dores de cabeças por muito tempo. Aquela história de se arrepender por ter feito e não por não ter feito, deve ser analisada, fazer algo que você sabe que vai te ferir, que você irá se arrepender, é burrice.

Mas existem aqueles casos onde para nós é sexo, e para eles é transa: gatas, eu aconselharia a não fazer, ainda mais quando você sabe que para ele é uma transa.

Assim, como existe o sexo que pode virar amor, quando isso acontece, o dia amanhece lindo, sorridente para você.

Mas nunca podemos adivinhar o que aquele momento significa para a pessoa, e cabe a nós tornar aquele momento especial. Para nós em primeiro, porque estando feliz podemos deixar a outra pessoa feliz.

E lembre-se: faça amor, sexo ou transa com segurança!

Erramos o caminho…

1 maio

Abandonei isso aqui um pouco porque entrei em um estado profundo de “vagabundice”.

Deixei tudo para lá por um tempo, eu to ficando maluca.

O que vim contar aqui foi sobre a coisa feia que eu fiz. Rs

Eu saio com O mentiroso, e na volta erramos o caminho e fomos parar em um motel.

Sem detalhes.

Homens tem um grande problema de achar que uma mulher é “puta” porque ficou com ele, no meu caso, já estamos juntos a mais de dois meses, mas juntos sem quaqluer compromisso.

Eu não fiz sem pensar, e aconselho a todas não fazerem isso sem pensar, para depois não ficar se remoendo de culpa.

Faça porque você quer, porque te deu vontade, e faça desta experiência prazerosa, sem pensar no que ele vai pensar, ou fazer.

Se ele for um babaca a ponto de achar que você não presta por ter feito isso, mas vale a pena se desgastar por ele.

Na primeira semana após, O mentiroso, me tratou super bem, saímos. Mas eu sei que no final de semana que ele viajou e não pude ir, outra menina estava com ele. Confesso que não sei lidar muito bem com isso, como já expliquei. Mas definitivamente, estou bem. Curto os momentos que estou com ele, e não espero uma ligação no outro dia (claro que se ele ligar vou ficar feliz), não faço disso minha cruz, que carrego todos as horas do meu dia me perguntando: O que será que ele está pensando sobre isso? Vou vê-lo novamente? Ele contou para os amigos?…

Gatas, vocês são poderosas, e lembre-se: os homens são atraídos pela confiança que temos sobre nós mesma. E se você é confiante não precisa de homens babacas de fazendo de idiota. E ficar com um idiota também não é problema.

Abaixo tem um vídeo de um blog muito interessante, e ela fala sobre a questão de “Dar no primeiro encontro”, vejam…