Tag Archives: menininho

Eu te vi!

11 abr

Na sexta eu vi meu menininho. Estava vestido péssimamente, mas estava lindo. Meu Deus, eu ainda o amo!
Como isso?
Passei meu final de semana péssima, ficar com ele foi muito bom, conversamos, comemos.
No final da noite mandei uma mensagem, falando que desta vez, eu que tive que me segurar para não te beijar (ele sempre me manda uma mensagem assim depois que de nos vermos) e ele me responde, entre outras palavras: “… até agora não sei o que você está fazendo fora da minha vida.” Eu chorei, muito, passei o final de semana mal, (como já falei), pensei nele todos os minutos do meu dia.
Pensei também no outro palhaço, que ainda não contei, que iremos chamar de… de… “O mentiroso”. Como queria que ele tivesse me ligado, mas não ligou.
No domingo meu menininho me ligou, ele percebeu que não estava bem, e conversamos um pouco, ele falou que ainda me amava, mas sabia que se tentassemos voltar agora não daria certo. Que bom que ele sabe!
Mas mesmo assim, fiquei pensando em como sinto falta dele, em como queria estar ali abraçada com ele.
Minha vida parou de fazer sentido, eu queria ficar deitada na minha cama até o mundo acabar (o que não irá demorar muito, segundo um certo pastor, acabará dia 21-05-2011, então: logo!), mas infelizmente eu não posso fazer isso, tenho que levantar e acordar, mas que difícil.

Sozinha?

6 abr

Uma coisa que comecei a perceber depois de um tempo sendo ex-namorada é que estava sozinha. Mas muito sozinha. Sozinha mesmo. Sabe? Completamente sozinha, sozinha. (chega, acho que já entenderam).
Eu sentia muita falta do menininho que era meu namorado. Mas ainda muita raiva dele.
Então, tentava a todo custo não ficar em casa. Saia para qualquer lugar. Andar no shops para fazer nada. Ou ir no cinema, ir muito no cinema. E aceitar todos os convites.
Eu comecei a ser uma pessoas mais acessível, e mais flexível. Tentando a todo custo não me sentir a menor, pior e mais desprezível e solitária pessoa do mundo, mas digo que não foi fácil, na verdade ainda não está sendo fácil não me sentir assim as vezes. Será que isso irá durar para todo o sempre?