Tag Archives: Leitão

Relação-não-relação

16 abr

Um outro problema é: não me apegar as pessoas! Eu não consigo manter uma relação, sem ter uma relação, me relacionando com alguém, mas sem estar relacionado. Entende? Lógico que entendeu… Como não poderia?!

Ficar apenas uma vez não chega perto da caixinha de estar se relacionando com alguém, até ai consigo entender. Mas ficar várias vezes, durante um tempo, isso já abre a tampa.

Então não entendo, não sei como me comportar diante uma “relação-não-relação”. Ficar sem compromisso, se ver durante 5 dias seguidos, ficar sem se falar durante 10, sair durante duas semanas, ficar sem se ver durante três.

Não estou aqui querendo ser louca e querer visitar periódicas, não se trata disso. E sim de… Não sei descrever.

Se estou com uma pessoa, mesmo que não seja algo serio, se falar as vezes, se ver as vezes tudo bem. Estamos “ficando”. Podemos viajar, ir à festas juntos, pois estamos “ficando”. Agora ficar com uma pessoa durante um tempo, depois agir como se nada tivesse acontecido, e depois relembrar e ficar novamente, isso não dá.

Uma coisa que o Fanboy fazia e que me deixava doida era ficar me provocando, mas não tive esperanças com ele, e nem fiquei confusa.

Com o Leitão eu que tive que dar um basta, pois não queria continuar saindo com ele.

Mas com O mentiroso, eu estava gostando de ficar com ele, e queria sair com ele nos finais de semana, mas nunca dava, e o fato dele ficar sem falar comigo… (a continuação sobre ele está em outro post). O comportamento dele me deixou bem confusa. E o fato dele não falar meu nome para as outras pessoas no telefone: Estou com uma amiga! (ta isso é paranóia).

Em fim, eu não sei como me comportar. E não sou de ficar com mais de uma pessoa, então… Não faça nada!

Nada acontece sem querer!

Seus cabelos…

11 abr

Estou me perdendo na ordem cronológica…
O segundo menino que fiquei foi resultado dessas minhas loucuras de aceitar todos os convites. Eu já o conhecia pela net a alguns anos, era amigo real de um amigo. E um dia ele me chamou para ir ao cinema, e aceitei. Pelas fotos, ele era tão feio, era péssimo conversar com ele pelo msn, escrevia errado, sem pontuação, tinha que ficar relendo para realmente entender, mas mesmo assim aceitei.
Quando ele chegou, o que ele aquilo? Lindo, maravilhoso, os olhos mais lindos que já vi. Fomos para o cinema ficamos, até ai tudo lindo.
Depois ele quis comer, ir comprar algumas esfihas. Fomos, mas estava muito cheio o restaurante então ele sugeriu ir para a minha casa. DOIDO
Mas fomos! DOIDA
Ele é uma pessoa legal, vamos aqui chamá-lo de Leitão, aquele do ursinho Puff. Mas ele já falava em namoro, que estava gostando de ficar comigo.
Me ligava e ficava horas no telefone (eu odeio telefone), eu falava para ele que odiava telefone, e ele me ligava a noite. Gente isso começou a me irritar, muito, muuuuito.
Eu pedia para ele não me ligar, e ele ligava. Falava que não queria mais, e ele vinha me encontrar. Falava que não queria sair, e ele me convidade. Ele ouvia tudo ao contrário, que coisa irritante.
(para vocês terem idéia de como eu estou de saco cheio dele, demorei uma semana para ter corajem e terminar este post)
Em fim, isso até que durou um tempo, um mês, tempo suficiente para eu não querer nunca mais.
E hoje, por intervenção Divina (acredito eu) ele não me liga mais!
P.S.: Ele tinha uma coisa que me irritava muito: o cheiro do cabelo. Gente, para mim era o pior cheiro do mundo, e o pior de tudo é que toda vez que eu lembro dele, o cheio vem junto.